FanFictions Wonderland

Gostas de escrever e/ou ler FanFics? Então junta-te a nós e entra neste mundo de Kpop, Jmusic e fantasia ^-^
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [SNSD & SuJu] TAXI ~ New York

Ir em baixo 
AutorMensagem
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: [SNSD & SuJu] TAXI ~ New York    Dom Maio 22, 2011 1:21 pm






O jovem bocejou enquanto tamborilava os dedos descontraidamente no volante do carro. Já era bastante tarde mas ainda tinha esperanças de conseguir os últimos clientes da noite antes de, finalmente, poder ir descansar. Olhou em frente, vendo através do vidro um dos grandes salões de festas de Manhattan bem iluminado e frequentado. Devia ser outra daquelas festas dos famosos ou de gente bastante rica.

Resolveu ligar o motor do carro e entrou novamente na faixa de rodagem, aproximando-se mais da zona da festa. Podia ser que alguém precisasse de um táxi para voltar para casa.

Passou mesmo em frente, embora com alguns metros de distância, da porta principal. Desviando os olhos por segundos, conseguiu ver gente muito bem parecida. Homens engravatados, mulheres com vestidos luxuosos e grandes jóias brilhantes. Com certeza que era gente de negócios.

Para seu azar, ninguém precisou de um táxi naquele momento e Sungmin continuou o seu caminho, contornando o salão até às suas traseiras. Ali o movimento era menor e a iluminação mais fraca. O rapaz abrandou, suspirando. Não tivera sorte, melhor mesmo era voltar para casa e esperar que o próximo dia fosse melhor.

Estava prestes a acelerar quando uma rapariga, aparentemente vinda do nada, surgiu à frente do carro. Sungmin pisou o travão com força e o carro imobilizou-se a alguns centímetros dela. O rapaz observou a sua expressão e ficou confuso. Em vez de assustada, ela parecia feliz.

Ele estava quase para sair do carro e perguntar-lhe se estava tudo bem quando ela se antecipou e correu na direcção do carro, entrando para o banco de trás logo a seguir.

- Você é a minha salvação! – Ela disse, ainda com a respiração alterada. – Vamos embora daqui, acelere rápido, por favor! – Pediu num entusiasmo aflito. Parecia estar a fugir de qualquer coisa.

Sungmin ficou confuso por alguns segundos mas resolveu atender ao pedido dela. Afinal era o que ele queria, um cliente naquela noite.

- Para onde quer ir? – Perguntou, enquanto arrancava novamente. Olhou-a pelo espelho retrovisor.

A rapariga de cabelos claros sorriu, retribuindo-lhe o olhar através do espelho.

- Para qualquer lado, desde que seja para longe daqui. Não se preocupe, conduza. – Respondeu.

- Como queira. – Sungmin assentiu, focando-se na estrada. Estava prestes a entrar numa das avenidas mais importantes de movimentadas da cidade, tinha de estar atento aos carros que surgiam de um lado e de outro.

Instantes depois voltou a espreitar pelo espelho retrovisor. A rapariga detinha-se, serenamente, a olhar pela janela. Sungmin pôde notar então que, tal como ele, ela não era ocidental. Como lhe falhara um pormenor daqueles logo de início?

- Concentre-se na estrada. – A voz delicada dela soou novamente. Olhava-o nos olhos.

- D-Desculpe. – Disse embaraçado. – Só estava a reparar nos seus olhos… desculpe.

- Eu sou coreana. – A rapariga esclareceu. – Assim como o oppa também deve ser.

Sungmin sorriu instantaneamente. Há quanto tempo que ninguém lhe chamava “oppa”. Tinha saudades de ouvir aquela palavra.

- Sou. – Assentiu com um sorriso. – Mudei-me para Nova Iorque há uns anos. Lee Sungmin! – Apresentou-se.

- Lee Sunkyu inmida. – Ela fez o mesmo.

- Prazer em… O quê? – Ele travou bruscamente. – Sunkyu… Lee Sunkyu? Está a falar a sério?

- OMONA~! – Ela queixou-se, voltando a ajeitar-se no banco. – Não pare assim! Ia-me matando!

- Desculpe mas… mas…

Os outros carros começaram a buzinar atrás do táxi de Sungmin e ele retomou a marcha lentamente.

- Sim, sou eu. – Suspirou. – Embora às vezes preferisse não ser…

- OMO! Como é que diz uma coisa dessas? – O rapaz ficou incrédulo ao ouvir as palavras da rapariga, filha de um dos mais ricos e importantes empresários da Coreia do Sul. Ela devia ter uma vida de luxo e estava a queixar-se? Como podia aquilo ser possível? Estranhou.

- Não pense que é fácil ter de aguentar com a reputação do meu pai às costas. Eu não posso fazer nada que quero e ainda tenho de servir de exposição nas festas de negócios, que são as coisas mais chatas de sempre, distribuindo sorrisos amarelos a toda aquela gente que não vale nem o chão que pisa!

- Oh… - Sungmin tentou compreender o lado dela. – Imagino que não seja fácil.

- Não é. – Sunkyu confirmou. – Por isso mesmo é que eu hoje fugi daquela festa deprimente. – Acrescentou.

- Fugiu? – Sungmin repetiu. Uma ideia passou-lhe pela cabeça de repente. – E eu ajudei? – Deu-se conta.

- Sim. Por isso é que eu disse que você foi a minha salvação.

- Oh meu Deus! – O rapaz passou a mão pelo cabelo, preocupado. Aquilo ainda ia dar porcaria para o seu lado.

- Não se preocupe. Eu sou maior de idade e ninguém o vai acusar de rapto. – Ela riu, olhando a expressão dele através do espelho.

Sungmin quis ficar descansado ao ouvir as palavras dela, mas uma interrupção na música que passava na rádio para uma coluna de notícias de última hora deixaram-no alerta novamente.

Assim que o locutor começou a falar, o jovem foi sentindo o sangue gelar. O Sr. Lee já tinha dado pelo desaparecimento da filha, e as autoridades mais competentes já tinham sido alertadas.

- Menina Sunkyu, espero que esteja ciente que eu a vou levar de volta. – Ele disse, após ouvir que até iriam patrulhar as saídas da cidade.

- OMO, oppa por favor não! – Ela apressou-se a pedir. A sua voz estava manhosa e chorosa. Ficava ainda mais fofinha assim, parecia uma criança.

- Pode ser arriscado para mim e para si. – Sungmin insistiu. – Quer ver o seu pai zangado? – Perguntou, conhecendo a fama dele.

- Aish! – Sunny encostou-se mais ao banco traseiro do táxi, cruzando os braços com uma expressão amuada. Parecia mesmo uma criança. O jovem taxista reparou como ela ficava querida assim. – E desde quando é que se preocupa com o meu pai? Eu é que sou sua cliente! Pago o que for preciso para me pôr longe daqui!

- Menina, não insista. – Ele pediu. – Eu vou levá-la de volta antes de haver confusão.

- Aish! Então pare o carro agora! – Ordenou.

- O quê?

- Pare ou eu salto! – Ameaçou. – Já que não me quer ajudar eu vou a pé ou vou procurar alguém que me leve para longe daqui! Nem que vá pedir ajuda a um daqueles camionistas que dão boleia a qualquer uma e…

- Isso não! – O rapaz quase gritou, interrompendo-a. – Isso é perigoso menina.

- Então ajude-me oppa… - Ela voltou a jogar o seu charme e a sua voz inocente para tentar convencê-lo.

Sungmin foi abrandando e, já fora do movimento doido do centro da cidade, parou.

- Então… vai ajudar-me? – A rapariga insistiu.

Sungmin ficou quieto por alguns instantes, pensado se arriscaria aquela maluquice ou não. Ela pareceu não gostar muito da sua indecisão. Atirou-lhe duas notas para o colo e apressou-se a sair, começando a correr, sem muito sucesso por causa dos saltos altos.

O rapaz suspirou e aí soube que não a podia deixar anda sozinha por ali à noite. Para além de ser perigoso por si só, ainda era mais para ela que não conhecia nada daquele local. Saiu do lugar do condutor e correu atrás dela. Não foi muito difícil apanhá-la.

- Não faça isto menina. – Pediu, agarrando-lhe o pulso.

- Que foi? Está importado comigo agora?

- Claro que estou! Aish! Pronto, eu levo-a… para onde quiser! – Concordou, derrotado.

Ela pareceu querer esboçar um sorriso mas foi interrompida pelo som de sirenes da polícia.

- OMO!

- Depressa! – Sungmin agarrou na mão dela e encaminhou-a novamente para o táxi. Sunny sentou-se mesmo ao lado dele, no banco do passageiro. Sungmin arrancou rapidamente, fazendo os pneus derraparem no alcatrão. Em poucos instantes o velocímetro atingiu o limite da velocidade máxima permitida mas nem por isso parou. O rapaz carregou ainda com mais força no pedal, fazendo Sunny conhecer uma nova faceta do taxista.

O rádio da polícia foi accionado, começando a ser ouvidos alguns relatos do caso do desaparecimento de Lee Sunkyu. Sungmin ficou assim a saber quais as estradas que estavam a ser patrulhadas e pôde, dessa maneira, escolher alguns atalhos para conseguir escapar despercebido.

Bastaram alguns minutos para o táxi sair do perímetro da cidade de Nova Iorque. O rapaz imobilizou o carro perto de um lago, no centro de um pequeno parque natural. Suspirou assim que desligou a chave da ignição.

- Quero só ver como isto vai acabar… - Desabafou, mais para si do que para a própria rapariga. Saiu do carro e encostou-se ao capô. Há muito que não fazia uma loucura daquelas. Mas não podia negar que aquela dose de adrenalina lhe soubera bem… muito bem mesmo.

A rapariga saiu também da viatura e aproximou-se dele.

- E agora menina? Para onde é que vamos, como é que vamos sair desta embrulhada?

- Sungmin oppa, chega de “menina”! Já me basta que me chamem isso todo o santo dia. Trate-me como uma pessoa normal, uma amiga sua… E por falar nisso, os meus amigos mais próximos chamam-me Sunny… por isso… - Ela disse a última parte meio relutante, encarando o chão.

Sungmin virou um pouco a cabeça para o lado, observando-a atentamente. Era uma rapariga tão bonita e tão delicada, com uma personalidade forte que só a tornava ainda mais interessante…

E quando se deu conta já estava perdido e completamente enfeitiçado por ela.

- O que é que vamos fazer agora Sunny-ah? Vamos para onde? – Voltou a perguntar, atendendo ao pedido dela de acabar com formalidades.

- Não sei oppa. – Ela levantou os olhos, encarando-o fixamente com as suas orbes brilhantes. – Nada me prende. Eu vou até onde o oppa me levar…

Sungmin desencostou-se do carro e pegou na mão dela, puxando-a para perto de si.

- Ah é? Se eu te quiser levar para o fim do mundo, como é que é?

- Então vamos o mais rápido possível…

- Tens a certeza que estás disposta a correr o risco?

- I’m so sure.

Sungmin deu mais um passo em frente, ficando praticamente colado ao corpo de Sunny. Ela olhou-o e inclinou-se para a frente. A mão do rapaz pousou sobre a pele macia do rosto dela, acariciando de leve o local.

Os lábios dos dois foram encurtando cada vez mais a distância que os separava, até se tocarem de leve. Sungmin sentiu um leve sabor a cereja do batom dela, mas focou-se mais naquela sensação maravilhosa que Sunny lhe provocava. Quando se separaram, o rapaz deteve-se a olhá-la. A rapariga abriu os olhos lentamente e ele conseguiu reparar que pareciam ainda mais brilhantes do que o normal. Ambos sorriram.

- Entra no táxi que eu levo-te para onde quiseres longe daqui. – O taxista propôs.

- Correcção oppa! – Ela disse, andando até ao lado esquerdo da viatura e entrando para o lugar do condutor. – Eu vou levar-te para longe daqui. – Piscou-lhe o olho.

Sungmin entrou para o outro lado com um sorriso e a rapariga apressou-se a arrancar. O táxi rapidamente desapareceu entre uma nuvem de pó.


Fim ~

Hope you like it ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
MiyaHaru
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 511
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto. Portugal

MensagemAssunto: Re: [SNSD & SuJu] TAXI ~ New York    Qua Maio 25, 2011 1:50 pm

Oh meu deus está demais Min!!!
Estar sem net em casa é horrivel --' Sou sempre a atrasada!
Mas adorei Min! AISH escolheste o casal fofura! Eu amo este casal, eles são tão fofinhos!

Eu queeeeerrrrrroooo maiiiiiissssssssssssssss!!!! MIN CONTINUA!!

Estou aflita para saber os outros casais! Rapido!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [SNSD & SuJu] TAXI ~ New York    Qua Maio 25, 2011 10:34 pm

Nhai *-* Ainda bem que gostaste Miya unnie *-*
Eu adoro o casal Sungmin Sunny ~♥ Cuteneess overload *-*

Vou tentar não demorar com os próximos ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
kim
Moderadora Gráfica
avatar

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 25
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

MensagemAssunto: Re: [SNSD & SuJu] TAXI ~ New York    Seg Jul 18, 2011 11:25 pm

ya, eu ando a ler tudo o que ainda não li neste forum i guess xD
Nem sei como é que nunca vi isto aqui O_O
anyway! LOVE IIIIT
amei o final, so cuteee. a sunny é tao lovely *-*
a ideia está super gira. mas não me admira, as tuas fics e one shots nunca desapontam ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
Cho MinTae
Moderadora do Blog
avatar

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 26
Localização : South Korea

MensagemAssunto: Re: [SNSD & SuJu] TAXI ~ New York    Ter Jul 19, 2011 1:12 pm

AISH! Ainda bem que me lembraste que estas fics existem! Eu tenho outra pronta que me tinha esquecido de postar *apanha*

Ainda bem que gostaste da ideia *-* *hugs*
E sim, a Sunny é um amor *-* E o Min too, of course *grabs both*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
LaLa
FanFiction Maniac
avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: [SNSD & SuJu] TAXI ~ New York    Sab Jul 30, 2011 6:35 pm

Ai que eu já tinha saudades disto tudo

Ahhh Min amei , com todas as letras
Como disse a Kim , nunca nos decepcionas
Parques naturais à noite fazem milagres
Eu tenho de ler o resto .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [SNSD & SuJu] TAXI ~ New York    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[SNSD & SuJu] TAXI ~ New York
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Caixa Markbass NEW YORK 121
» orlando ou nova york
» Grupo Taxi - aprecie sem moderação...
» SNSD/Girls Generation !
» snsd na bravo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFictions Wonderland :: FanFictions :: Kpop :: FanFictions Acabadas-
Ir para: