FanFictions Wonderland

Gostas de escrever e/ou ler FanFics? Então junta-te a nós e entra neste mundo de Kpop, Jmusic e fantasia ^-^
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe
 

 [Super Junior] (KyuMin) - Black & White

Ir em baixo 
AutorMensagem
Cho MinTae
Moderadora do Blog
Cho MinTae

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 27
Localização : South Korea

[Super Junior] (KyuMin) - Black & White Empty
MensagemAssunto: [Super Junior] (KyuMin) - Black & White   [Super Junior] (KyuMin) - Black & White EmptyDom Fev 20, 2011 1:35 am

Apresentação

Black & White

~~

Yesung puxou o mais novo mais para junto de si e abraçou o seu corpo carinhosamente. Ryeowook fechou os olhos e deitou a cabeça sobre as pernas do hyung. Sorriu fofamente quanto sentiu o carinho das mãos dele no seu cabelo. Sabia tão bem.

- Yesung-ah… se continuas com isso eu vou acabar por adormecer. – Disse, bocejando. Os toques do mais velho sabiam tão bem.

- Podes dormir, eu sei que o teu dia hoje foi cheio. Descansa… eu vigio o teu sono.

Ryeowook sibilou algo incompreensível enquanto se ia deixando embalar mais e mais pelos carinhos do namorado. Estava quase a render-se ao sono quando um estrondo vindo da entrada o fez dar um salto, assustado. Ele e Yesung olharam na direcção de onde vinha agora o som de passos apressados.

Viram Sungmin correr pelo corredor do apartamento que os quatro – Sungmin, Ryeowook, Yesung e Kyuhyun – dividiam. O rapaz passou por eles sem nem querer saber da sua presença e apressou-se a se trancar no quarto que dividia com Kyuhyun.

Logo atrás dele vinha o maknae, gritando o nome de Sungmin desesperadamente.

- Aish Sungmin! Estás a ser infantil! Eu não fiz de propósito e já te pedi desculpa! Pára de agir assim! – O mais novo gritou, batendo na porta com força.

- Deixa-me em paz Kyuhyun! Tu não te importas com nada, não queres saber se é importante para mim ou não! - A voz do rapaz do outro lado da porta soou em resposta.

- Aish Sungmin! Tu acabas com a minha paciência! – Kyuhyun suspirou e voltou a bater na porta, completamente irritado com as atitudes do mais velho.

- Então deixa-me! Não fales comigo, não te aproximes de mim para bem da tua paciência! – Sungmin bateu na madeira do outro lado.

Yesung temeu pela saúde da porta naquele momento.

- É isso mesmo que eu vou fazer Min! Para mim chega! – Kyuhyun continuou.

- Para mim também! – Sungmin disse e os dois permaneceram em silêncio por alguns momentos. Finalmente a porta se abriu e o mais velho atirou um cobertor e a almofada de Kyuhyun contra a cara deste.

- Aish! – Kyuhyun protestou e tentou avançar em direcção do rapaz, mas este apressou-se a trancar novamente a porta.

- Boa noite Cho Kyuhyun! Espero que a tua consciência pesada te proporcione um sono terrível! – Sungmin gritou do outro lado.

- Ah é? Então eu espero que tenhas muitos pesadelos! E se acordares a chorar eu não te vou consolar! – O maknae ripostou.

Silêncio.

Uma gargalhada sonora quebrou a tensão do momento. Kyuhyun virou-se para encarar Yesung, que não conseguiu evitar rir da discussão dos dois. Embora estivesse habituado àqueles arrufos, era sempre tão engraçado vê-los assim. Ryeowook bateu no braço do mais velho, repreendendo a sua atitude.

- Tu também? Olha que eu já estou sem paciência! – Kyuhyun bufou, olhando o hyung, que se contorcia no sofá. – Aish! Ryeowook, eu vou dormir no teu quarto hoje! – Anunciou e rapidamente desapareceu no corredor. Segundos depois ouviu-se o estrondo de uma porta a bater.

- Yesung! Não sejas assim! – O menor continuou a dar toques no braço do namorado, mas este ainda estava divertido com a situação.

- Wookie-ah, estás preocupado? – Estranhou. – Até parece que não temos uma cena destas quase todos os dias aqui em casa! Aqueles dois… sinceramente.

- Eu sei… mas eu não gosto de vê-los discutir. – O mais novo baixou o rosto, ficava sempre preocupado com as discussões dos dois. Temia que algum dia eles se chateassem a sério.

- Nhai, tu és tão fofo. – Yesung acariciou a bochecha do outro. – Mas não te preocupes com aqueles dois, sim? Tu sabes… eles são mesmo assim. Diferentes em tudo, mas no fundo amam-se demais. – O hyung sorriu.

- Nee… - Wook assentiu. – Eles são totalmente o oposto um do outro, é normal que choquem. São tipo o preto e o branco. O quente e o frio. O sim e o não. O amor e o ódio… o sal e o açúcar…

- Mas vais ver que amanhã já vão andar por aí aos beijos…

- Espero que sim. – Ryeowook sorriu e bocejou logo a seguir.

- Já é tão tarde Wookie. Tu já devias estar a dormir… - Yesung disse depois de olhar ao relógio que tinha no pulso e que, por acaso, tinha sido um presente do mais novo no seu último aniversário.

- É. – Bocejou novamente. – Mas o Kyu ocupou-me o quarto. E ainda por cima trancou-se.

- Mas isso não é problema, pois não? – Yesung pegou no queixo do outro e fê-lo encará-lo. – Sabes que a minha cama é grande… - Sorriu maliciosamente.

- Hyung, eu estou mesmo cansado e…

- E por isso vamos só dormir. Mas juntos.

Ryeowook sorriu perante o comentário do mais velho antes de ele colar os lábios nos seus. Yesung levantou-se, depois, e pegou na mão de Ryeowook, arrastando-o para o seu quarto.

Os dois estavam tão entretidos um com o outro que nem repararam que Sungmin tinha destrancado a porta do seu quarto e os observava agora por uma fresta.

Quando Yesung e Ryeowook entraram no quarto do mais velho, Sungmin fechou a porta e suspirou.

- Porque é que eu e o Kyu não podemos ser assim? – Desabafou, tristemente. – Porque é que aquele… desgraçado, não pode ser fofo para mim como o Yesung hyung é para o Wookie? Aish! Porque é que ele não muda, não… é mais dedicado? – Suspirou novamente enquanto se arrastava até à cama. – Odeio-te Cho Kyuhyun! – Enterrou a cabeça na almofada e assim ficou por alguns minutos, até não conseguir mais respirar. – Kyuhyun-ah~! – Chamou choroso.

No quarto de Ryeowook, que era agora ocupado por Kyuhyun, este estava deitado sobre o colchão, fitando o teto.

Ainda sentia raiva de Sungmin. Tanta infantilidade e cuteness, embora ele gostasse, às vezes tiravam-no do sério. O hyung tinha de aprender a ser menos meloso.

Rolou na cama, farto dos pensamentos sobre o namorado. Abraçou a almofada e foi então que sentiu um cheiro característico.

- Aish! - Afastou-se rapidamente e atirou o travesseiro para o outro lado do quarto. – Ainda por cima dá-me a almofada dele, que é para me contaminar com aquele cheiro doce. Aquele bastardo! – Acusou.

Ficou quieto por alguns instantes até que não conseguiu aguentar mais e deu um pulo da cama. Correu para o local onde tinha atirado a almofada e recuperou-a.

- O que é que te está a acontecer Cho Kyuhyun? – Perguntou-se. – Não faças isso, não caias, não caias… não… aish! – Não conseguiu evitar. Abraçou o travesseiro e inspirou com força o suave aroma do perfume de Sungmin. – Odeio gostar tanto de ti Lee Sungmin! Sua coisa irritantemente… fofa!

Kyuhyun sentiu-se a enlouquecer com aquilo. Ele e Sungmin era tão diferentes como o dia da noite, mas nada o impedia de amar aquele hyung tão… querido.

- Eu não acredito que estou a amolecer por causa dele… - Suspirou derrotado e deixou-se cair novamente sobre o colchão. Escondeu o rosto com a almofada de Sungmin. Logo o aroma dele fez a sua pele arrepiar. Kyuhyun atirou-a para longe mais uma vez, mas não demoraram nem cinco segundos até ele ir buscá-la para perto de si.

O dia seguinte chegou. Quando Sungmin saiu do quarto, com umas olheiras enormes devido à falta de sono, encontrou Ryeowook na cozinha.

- Wookie-ah… - Chamou.

- Min! – O mais novo sorriu-lhe. – Então, qual foi o problema desta vez? – Lançou-lhe um olhar compreensivo quando viu o estado do hyung.

- O meu único problema chama-se Cho Kyuhyun! – Sungmin sentou-se à mesa. – Porque é que ele tem de ser assim? Porque é que é tão frio, tão desligado, tão… sei lá! E porque é que eu gosto tanto dele, sendo que nós nem temos assim nada em comum?

- Os opostos atraem-se. – Ryeowook pousou a mão no ombro dele, passando algum conforto.

- É, mas olha tu e o Yesung! Porque é que o Kyu não é capaz de fazer um esforço para mudar um bocadinho?

- E tu? Estás a fazer algum esforço para mudar e te adaptar um bocadinho a ele? Sabes que se cada uma das partes ceder um pedaço é mais fácil e… - Ryeowook não conseguiu acabar a frase.

Sungmin levantou-se abruptamente.

- Até tu estás contra mim hoje Ryeowook! – Saiu rapidamente da sala. O mais novo riu da trapalhada dele e Kyuhyun.

Sungmin trancou-se no quarto e lá passou o resto do dia. Porém, as palavras do dongsaeng martelaram a sua consciência.

- Ok, pronto. Eu vou tomar uma atitude! – Anunciou finalmente, já ao final da tarde. Abriu o armário e escolheu algumas roupas antes de se enfiar debaixo do chuveiro.

No mesmo momento, Kyuhyun acabava de entrar numa pastelaria perto do apartamento. Pousou os inúmeros sacos que tinha na mão perto de uma mesa e aproximou-se do balcão e de onde estavam expostos os bolos mais bonitos e deliciosos. O seu estômago manifestou-se ao ver tantas delícias e só aí o maknae se deu conta que não tinha comido nada desde o pequeno almoço, às 9 horas da manhã. Culpa do corrupio em que tinha passado o dia.

- Boa tarde. – Uma rapariga aproximou-se dele. – Em que posso ajudar?

- Olá. – Cumprimentou. – Eu… quero o bolo mais bonito, fofo e cor de rosa que houver aqui. – Disse decidido. “As coisas que eu não faço por ti Min-ah.” – Desabafou mentalmente.

- Claro. Temos aqui alguns, pode escolher. – Apontou para uma outra vitrina. Kyuhyun observou tudo, maravilhado.

- Será que não dava para escrever alguma coisa no topo daquele ali? – Apontou com o dedo.

- Com certeza. É só dizer que o nosso chef trata disso. – Sorriu.

- Certo. Então eu quero aquele e… - “Que vergonha!” Pensou. – E pode escrever… hum… “Minnie-bunny, saranghaeyo”.

- Aguarde só um momento.

- E mais uma coisa importante. – Kyuhyun advertiu a rapariga que tirava o bolo escolhido para ser personalizado. – As letras têm de ser cor de rosa. – Disse num tom de voz mais baixo. A rapariga assentiu.

Minutos depois, o jovem deixava a pastelaria. Fazia um esforço enorme para carregar os sacos e a caixa do bolo. E tinha de ter cuidado, se deixasse cair aquilo… não teria coragem para voltar a passar por aquilo tudo. Caminhou para casa.

- Ok. Obrigado aos dois. – Sungmin fez uma vénia em sinal de agradecimento.

- Não agradeças. Eu logo arranjo maneira de pagares isto de qualquer maneira. – Yesung comentou e à custa disso levou um beliscão no braço.

- Não precisas de agradecer Minnie. – Wookie sorriu enquanto largava o outro. - Há muito tempo que o Yesung não me levava a jantar fora, foi a oportunidade ideal. Boa sorte e diverte-te com o Kyu. – Piscou-lhe o olho.

- Ne. Obrigado.

- E vejam lá o que é que fazem e em que estado deixam o apartamento! – Yesung continuou. – Eu tenho um mau pressentimento disto. – Disse, olhando Sungmin de cima a baixo. – Eu nunca te vi assim tão… - Fez uma pausa à procura do adjectivo ideal.

- Hot. Provocador. Sexy. – Ryeowook completou a sentença, percorrendo também o corpo de Sungmin com os olhos. – E…

- Ya! Então? – Yesung virou-se para o mais novo e lançou-lhe um olhar furioso. – Tu só podes achar essas coisas de mim Wook-ah!

- Não sejas parvo! – Ryeowook deu-lhe uma cotovelada e Sungmin riu.

- Aish! Vamos lá embora. – O mais velho dali pegou no braço do mais novo. – Tu já estás a dar más influências ao meu Wookie! – Apontou o dedo a Sungmin. – Embora já à minha frente Kim Ryeowook! – Empurrou-o. – E estás proibido de olhar para o Sungmin quando ele estiver vestido com… aquele tipo de coisas!

- Tu és um exagerado! – Ryeowook foi protestando até ao elevador. Sungmin ficou a rir dos dois até eles desaparecerem da sua vista.

Sungmin fechou a porta e lançou um olhar rápido à sala. Já tinha tudo pronto. Só faltava Kyuhyun chegar. E ai dele se não gostasse do esforço que Sungmin estava fazer para o agradar!

Kyuhyun estava à frente da porta, ganhando coragem para a abrir. Rezou para que Ryeowook e principalmente Yesung não estivessem em casa e o vissem assim. Suspirou antes de rodar a chave na fechadura e empurrar a estrutura de madeira.

Foi entrando devagar, estranhando o facto de estar tudo às escuras. Quando acendeu a luz levou um susto daqueles. Os sacos caíram-lhe das mãos mas, por sorte, conseguiu segurar a caixa do bolo.

- Sung-min…?

- K-Kyuhyun?

Os dois ficaram a fitar-se, um pouco incrédulos, por alguns momentos.

- Sungmin… o que…

- És mesmo tu Kyu?

Sungmin explodiu numa gargalhada sonora. Não podia acreditar no que os seus olhos viam. Não podia ser Kyuhyun que estava à sua frente. Não podia ser o seu Kyuhyun.

O maknae também estranhou Sungmin e todo o ambiente que o rodeava. Será que aquele era mesmo o seu Sungmin? Estava tão diferente.

Sungmin, a pessoa mais cheia de fofura que ele conhecia, estava agora todo vestido de preto. Calças de vinil, super justas e vincadas ao corpo definido, a camisa era igualmente preta e não estava completamente apertada. Alguns botões tinham ficado por abotoar e por isso os peitorais definidos dele estavam à vista. Tinha ao seu lado no sofá garrafas dos mais variados vinhos, os que Kyuhyun gostava. Alguns filmes de terror e acção e… videojogos por ali espalhados.

Kyuhyun, pelo contrário, estava com um estilo fofo naquele dia. O seu casaco aberto deixava à vista a t-shirt cor de rosa enfeitada com alguns bonecos. Sungmin conseguiu identificar coelhos, pinguins, gatinhos e mais alguns animais fofos. Mas o mais chocante no visual do “evil maknae” era a bandolete com orelhas de gato que ele usava no topo do cabelo, que naquele dia até estava assim meio ondulado. Fofo, fofo, fofo!

- O que é isso Kyuhyun?

Kyuhyun sorriu, completamente envergonhado.

- Então… - Ele começou a tentar explicar-se. – Isto é a minha tentativa de… agradar-te. Condizer contigo, ficar ao teu estilo. Não é isso que estás sempre a dizer? Que queres que eu me adapte mais a ti?

Sungmin mordeu o lábio, completamente derretido.

- E tu? O que é que se passou contigo Min?

- Bem… eu acho que tive a mesma ideia. – Sorriu. – Quis por um pouco da cuteness excessiva de lado e tornar-me mais um pouco ao teu estilo. Por isso preparei vinho, filmes de acção, jogos…

- A sério? Fizeste isso por mim Min?

- Ne. – Ele assentiu.

Kyuhyun aproximou-se e pousou o bolo em cima da mesa da sala.

- Isso quer dizer que não estás chateado? – O mais novo perguntou.

- Eu gosto demais de ti para isso. Mais vale tentar adaptar-me um pouco a ti. Não custa nada, pois não? Se cada um ceder um pouco…

Kyuhyun ajoelhou-se em frente do mais velho e pousou as mãos sobre as suas pernas. Encostou-se para a frente para chegar os lábios dele.

- Ne. Eu também vou tentar adaptar-me mais a ti Min.

- Eu acho que já começaste a fazer isso nee? Estás tão amoroso com essa t-shirt e essas orelhas. – Sungmin apertou as bochechas dele mas Kyuhyun afastou-se rapidamente.

- Aish, eu já disse que odeio que me apertem as bochechas Sungmin! – Quando se deu conta do que tinha dito, suspirou. – Mianhae… se fizeres mesmo muita questão… podes apertar. – Voltou a aproximar-se do hyung.

- Se tu não gostas, eu não faço… mas um abraço pode ser?

Kyuhyun enlaçou os braços atrás da cintura do mais velho e apertou-o mais junto a si. Os olhos de Sungmin foram ao encontro da pilha de sacos que Kyuhyun tinha trazido.

- Nee... O que é aquilo? – Perguntou, sem conseguir esconder a curiosidade.

Kyuhyun riu e a sua mão deslizou pelas costas de Sungmin até aos seus glúteos. Achou por bem apertar aquela região.

- Essa curiosidade nunca vai mudar pois não? São coisas que eu comprei para ti.

- A sério? – Sungmin afastou-se dos braços do mais novo e correu para os sacos, começando a vasculhá-los.

O hyung começou por encontrar um urso de peluche. Depois um coelho também de peluche. Detalhe de ser cor de rosa. Uma t-shirt com bonecos desenhados, parecida à que Kyuhyun usava. Um pijama cor de rosa, luvas em forma de patinhas de gato…

- Omo Kyu! – Sungmin exclamou, perdido na montanha de coisas que o maknae tinha trazido.

- Vês Min… eu não sou tão desligado como pareço. Eu tenho atenção e sei do que tu gostas. – Sorriu.

Sungmin levantou-se do chão e correu para os braços do outro.

- Mas ainda falta uma coisa. Abre aquela caixa.

Os olhos do mais velho brilharam enquanto se dirigia à caixa sobre a mesa.

- OMONA~! Wahhh Cho Kyuhyun-ah!!! – Sungmin não podia acreditar no que tinha em frente dos olhos: um mega bolo com “Minnie-bunny, saranghaeyo” escrito lá?

- As coisas que eu não faço por ti… - Kyuhyun baixou os olhos, lembrando-se da vergonha que passou quando pediu à empregada da pastelaria para escrever aquilo. Foi tão lamechas que nem se reconheceu.

- Ahhh Kyuhyun-ah… - Sungmin afundou o dedo na cobertura do bolo e depois levantou-se, caminhado na direcção do mais alto. – Saranghae. – Disse, passando com o creme pelo nariz do maknae.

Kyuhyun abraçou o mais velho e beijou-o. Os narizes dos dois tocaram-se, fazendo o creme sujar também Sungmin. Ele de repente afastou-se.
- Mas eu também me esforcei para te agradar Kyuhyun.

- Estou a ver que sim Min. – Kyuhyun deteve-se a olhar Sungmin. As suas calças justas, a camisa meio aberta, cabelo desorganizado e… um olhar de luxúria.
O mais velho virou-se de costas e afastou-se em direcção à mesa onde tinha o vinho e abriu uma garrafa, servindo logo a seguir dois copos.

Kyuhyun não conseguiu desviar os olhos do rabo do mais velho, apertado contra o tecido das calças. Sungmin aproximou-se e estendeu-lhe um copo. Os dois brindaram e o hyung tirou o copo das mãos do maknae e pousou os dois sobre a mesa.

- Um dos meus vinhos preferidos Min… - Comentou.

- É. E também arranjei os teus filmes e jogos preferidos. Mas isso fica para depois. Agora vamos jogar a outro tipo de jogos… que eu acho que também é dos teus favoritos. Pelo menos assim espero. – Sungmin começou a aproximar-se devagar e sedutoramente.

- Ah é? E que jogo é esse Minnie?

- Adivinha. – Sungmin disse baixinho perto de Kyuhyun. Colocou-se em bicos de pés para chegar melhor ao nariz dele. Com a língua retirou a cobertura do bolo que lá tinha deixado. Foi percorrendo com a língua toda a área desde o nariz até aos lábios do mais novo. Kyuhyun capturou Sungmin com a sua boca.

As mãos grandes do mais novo abriram os botões que restavam fechados da camisa negra de Sungmin com um único puxão vigoroso. A pele dele arrepiou-se com o toque das mãos frias do maknae e mais ainda quando os dedos hábeis massajaram cada um dos mamilos do mais velho.

- Kyu-ah…

Kyuhyun beijou com urgência Sungmin e retirou o casaco enquanto isso. Estava quase a tirar também a t-shirt quando o hyung se afastou abruptamente.

- Promete-me que voltas a vestir essa t-shirt mais vezes! – Pediu, segurando-lhe nas mãos. – Se não eu não te vou deixar tirá-la. Estás tão fofinho.

- Aish! – O maknae protestou. – Eu visto quando quiseres.

Sungmin sorriu e foi ele mesmo a tirar a peça de roupa que cobria o tórax de Kyuhyun. Este apressou-se a agarrar novamente o mais velho e a empurrá-lo na direcção do sofá. Sungmin acabou por cair de costas sobre ele e logo o corpo de Kyuhyun pousou sobre o seu.

- Humm! – Sungmin gemeu quando sentiu os dentes do maknae se fecharem entre o lóbulo da sua orelha. Como resposta apertou as coxas dele e as mãos deslizaram um pouco mais para os lados e depois para a frente, chegando ao cós das calças. Os dedos ágeis começaram a tentar desapertar o botão e o fecho. – Ahhh… Kyu! – Gemeu novamente, sentido desta vez a língua do maknae penetrar a sua orelha.

Sungmin impulsionou o corpo, fazendo assim Kyuhyun cair no chão e ele ficar por cima do maknae. Retirou-lhe as calças e depois pousou a mão, delicadamente, sobre os boxers…

- Cor de rosa Kyuhyun? – Sungmin ficou largos segundos encarando os boxers do mais novo. – Isto é épico Kyuhyun, épico! – Riu.

- Aish! – Kyuhyun amaldiçoou-se mentalmente pela escolha da cor. A que ponto ele chegara… Suspirou. – Não olhes, tira-os de uma vez!

- Acho que vou ficar a apreciar este acontecimento mais tempo. Ou talvez tire uma foto…

- O QUÊ? – O mais alto gritou. – É que nem penses Sungmin!

O hyung riu da cara de terror dele. Apertou a mão no local.

- Ahhh! – Kyuhyun gemeu em resposta.

- O que é que eu não penso Kyu-Kyu? – Sungmin provocou.

- Aish Min-ah… - Ele implorou num tom quase choroso. Sungmin achou aquilo fofo, mas não seria capaz de tal maldade para com o seu maknae. Decidiu não ser mauzinho e massajar o local. Kyuhyun soltou alguns suspiros de satisfação.

- Promete que voltas a vestir estes boxers! – Voltou a ordenar. – Ou eu não os tiro. – Ameaçou.

- E-eu p-prometo! – Kyuhyun não estava nas melhores condições para protestar o que quer que fosse.

Sungmin sorriu e fez o tecido deslizar para baixo. Kyuhyun ficou assim completamente exposto. O mais velho humedeceu os lábios antes de baixar a cabeça sobre as pernas dele. As mãos apertaram as coxas enquanto a língua deslizou pelo membro duro.

Kyuhyun fechou os punhos com força, agarrando um pedaço da carpete por baixo de si enquanto desfrutava das maravilhas que a boca de Sungmin lhe proporcionava.

- Kyu… - Sungmin chamou-o com a voz arrastada.

- Hummm…

- As minhas calças… estão apertadas Kyuhyun… - Apontou e Kyuhyun ergueu um pouco a cabeça para notar o volume formado entre as pernas do mais velho.

Não foram precisos nem dois segundos para Kyuhyun voar para cima do outro. Tirou-lhe as calças um pouco à bruta, e juntamente com elas foram os boxers pretos que ele usava naquele dia. Virou Sungmin de costas para si e debruçou-se sobre ele, friccionando o seu corpo no dele. Sungmin gemeu ao sentir algo duro junto da sua entrada.

- Sungmin-ah… Promete-me que voltas a vestir-te assim e a provocar-me. – Foi a sua vez de ordenar. – Ou eu não te dou o que queres.

- Eu prometo o que quiseres Kyu. – Disse prontamente.

Kyuhyun sorriu. Sem qualquer tipo de preparação prévia, entrou em Sungmin.

- Ahhh! – Ele gritou de dor. Não estava à espera daquilo assim.

- Tudo bem Minnie-bunny. Eu só continuo quando estiveres preparado. – Esperou.

- M-mexe-te! – Sungmin pediu.

O maknae assim fez. Quando começou a movimentar-se, abraçou a cintura do hyung. Uma das mãos deslizou um pouco para baixo e agarrou o membro dele. Começou a movimentá-lo ao mesmo ritmo em que estocava o mais baixo.

- Kyun-ahhhh! Humm! – Sungmin tentava dizer, quase sem fôlego.

Mais uns minutos e Sungmin conseguiu atingir o seu limite. Kyuhyun chegou ao seu máximo momentos depois. Enquanto o hyung se deixou ficar imóvel no chão, o maknae alcançou a mesa e deslizou o dedo indicador sobre o bolo, enchendo-o de chantilly.

- Min… - Chamou e Sungmin abriu os olhos para o encarar.

O dedo de Kyuhyun deslizou sobre os lábios macios e entreabertos de Sungmin. Ele sorriu e apressou-se a chupar o dedo do outro, limpando-o de todo o doce.

O maknae pegou num dos copos de vinho e bebeu um pouco do líquido. Sentou-se e encostou as costas ao sofá. Sungmin engatinhou para junto dele. Procurou os lábios do maknae, provando-os logo a seguir. Sabiam a vinho. Amargo mas sublime. Kyuhyun sentiu o sabor doce do mais velho. Abraçou-o, apertando-o bem junto a si.

O doce e o amargo.

O quente e o frio.

O muito e o pouco.

… o preto e o branco.

Quem disse que não fazem uma boa combinação?

FIM


Agora apercebo-me que isto ficou mais gigante do que eu pensei xD
And forgive me for some mistakes ^^

E... aish! Eu gostei mesmo de escrever isto xD
E os boxers cor de rosa do Kyuhyun deram-me ideias Cool
Hope you liked it ~
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chomintae.tumblr.com/
kim
Moderadora Gráfica
kim

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 26
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

[Super Junior] (KyuMin) - Black & White Empty
MensagemAssunto: Re: [Super Junior] (KyuMin) - Black & White   [Super Junior] (KyuMin) - Black & White EmptyDom Fev 20, 2011 4:21 pm

ai amei, imagina-los assim foi sublime xD demais!
não esperava vir a ler algo assim com kyumin na minha vida mas adorei xD
muito sexy por sinal Cool e o ryewook e o yesung tambem estao demais! ai, quem me dera que a realidade do drama deles de relação perigosa tivesse sido mais assim Razz
eles sao tao fofos! ^^
nunca deixes de escrever kyumin *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://twitter.com/kimurapd
LaLa
FanFiction Maniac
LaLa

Mensagens : 551
Data de inscrição : 26/06/2010
Idade : 25

[Super Junior] (KyuMin) - Black & White Empty
MensagemAssunto: Re: [Super Junior] (KyuMin) - Black & White   [Super Junior] (KyuMin) - Black & White EmptyDom Fev 20, 2011 9:40 pm

Uhuhuhuh que amor Cool
Pagava para ver o Kyuhyun assim vestido , ahahahah e o Sungmin também
A discussão deles partiu tudo
Aahhahha o Yesung temeu pela porta xD
Achei tão querido quando o Kyu foi à pastelaria buscar o bolo *_* e as orelhinhas
Nahhh Mintae adorei
Continua a escrever coisas dessas tá ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cho MinTae
Moderadora do Blog
Cho MinTae

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 27
Localização : South Korea

[Super Junior] (KyuMin) - Black & White Empty
MensagemAssunto: Re: [Super Junior] (KyuMin) - Black & White   [Super Junior] (KyuMin) - Black & White EmptyDom Fev 20, 2011 9:55 pm

Nee... ainda bem que gostaram meninas ^^

Eu não resisto à cuteness deles *-* KyuMin e YeWook <3
Eu não vou deixar de escrever KyuMin because they're my addiction *-*
Thanks again ~~
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chomintae.tumblr.com/
MiyaHaru
FanFiction Maniac
MiyaHaru

Mensagens : 511
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 28
Localização : Porto. Portugal

[Super Junior] (KyuMin) - Black & White Empty
MensagemAssunto: Re: [Super Junior] (KyuMin) - Black & White   [Super Junior] (KyuMin) - Black & White EmptySeg Fev 21, 2011 8:06 pm

OH MY GOD!!
Amei Cho oh está tão fofinho e sexy ao mesmo tempo ahahaha eu ri-me ao imaginar o Kyu com umas orelhas fofinhas e de boxers cor de rosa! Ahhhhh o Kyu nem sempre tem de ser mau XD a cuteness dele é demais *.*
E o Minnie nem se fala!
A parte do envolvimento dos dois está muito hot Min!
Parabéns Very Happy
Continua a escrever assim estas one shot *.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cho MinTae
Moderadora do Blog
Cho MinTae

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 27
Localização : South Korea

[Super Junior] (KyuMin) - Black & White Empty
MensagemAssunto: Re: [Super Junior] (KyuMin) - Black & White   [Super Junior] (KyuMin) - Black & White EmptySeg Fev 21, 2011 11:13 pm

Ainda bem que gostaste Miya-chan *-*
Nhai eu quero fotos na net do Kyu com as orelhas (e quero uma foto dos boxers dele mas é só para mim *apanha*)
I love Kyuhyun cuteness too *-*

Kyu is

[Super Junior] (KyuMin) - Black & White Kyulove-1
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://chomintae.tumblr.com/
Conteúdo patrocinado




[Super Junior] (KyuMin) - Black & White Empty
MensagemAssunto: Re: [Super Junior] (KyuMin) - Black & White   [Super Junior] (KyuMin) - Black & White Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Super Junior] (KyuMin) - Black & White
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFictions Wonderland :: FanFictions :: Kpop :: FanFictions Acabadas-
Ir para: