FanFictions Wonderland

Gostas de escrever e/ou ler FanFics? Então junta-te a nós e entra neste mundo de Kpop, Jmusic e fantasia ^-^
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe
 

 [SuJu] (Bonamana Challenge) - Bonamana

Ir em baixo 
AutorMensagem
Cho MinTae
Moderadora do Blog
Cho MinTae

Mensagens : 1128
Data de inscrição : 23/06/2010
Idade : 27
Localização : South Korea

[SuJu] (Bonamana Challenge) - Bonamana   Empty
MensagemAssunto: [SuJu] (Bonamana Challenge) - Bonamana    [SuJu] (Bonamana Challenge) - Bonamana   EmptySab Jun 11, 2011 4:28 pm

[SuJu] (Bonamana Challenge) - Bonamana   Bonamana

Título: Bonamana
Arquivo: Bonamana Challenge
Pairing: MinWook, KyuMin, YeWook
Classificação: + 16
Género: Yaoi, Romance, Comédia, Slash
Autora: MinTae
Considerações: Eles não me pertencem e não pretendo lucrar nada com a fic.
Sinopse:
- Vocês são os piores seus pervertidos! – Heechul acusou.
- Realmente, já não se pode confiar nessas carinhas inocentes… pervertidos! – Eunhyuk seguiu o exemplo do hyung e acusou a seguir.
- Mas nós não estávamos a fazer nada de mal… - Sungmin defendeu, sentando-se novamente sobre a mesa.
- Era só um jogo. – Ryeowook reforçou.


Notas: Ok, esta one-shot foi um fail! Eu tinha uma ideia diferente no início mas as coisas acabaram por evoluir e acabar assim... (Notei agora que comecei a escrever isto no dia 9 de Março e só agora é que acabei --')
Anyway... daqui a alguns dias este Challenge vai fazer um ano! E eu devia sentir-me envergonhada por não conseguir escrever 14 one-shots durante um ano, mas enfim. Life is hard and then you die. *apanha*

E eu adoro corromper o Sungmin e o Ryeowook. Viva a perversão das coisas fofas Twisted Evil Esta fic foi mesmo um devaneio da minha mente insana. MinWook é a minha tentação xD

Bonamana ~


Uma folga na desgastante agenda cheia de compromissos dos Super Junior. Os membros aproveitavam o dia para se dedicarem ao lazer e a pôr em dia as actividades que não podiam realizar nos dias atarefados.

Porém, nem todos aproveitavam o dia como gostariam. Encostados ao batente da porta da cozinha, Sungmin e Ryeowook observavam, com uma expressão de tédio nos rostos bonitos, os dois rapazes na sala. Ao contrário deles, os outros dois pareciam estar a divertir-se imenso.

Sentado no sofá em frente à televisão estava o membro mais novo, Kyuhyun. O rapaz estava entretidíssimo a jogar computador. Não era novidade nenhuma que ele era viciado em Starcraft, embora sempre o negasse.

Perto dele, sentado no chão, Yesung. O rapaz observava com um sorriso babado duas tartarugas que, aparentemente, deviam estar a dormir.

Sungmin encheu as bochechas de ar, formando um biquinho adorável no rosto. Ryeowook bocejou. O mais velho libertou o ar pesadamente.

- Mas há quantas horas é que eles estão naquilo? – Ryeowook perguntou e o hyung tirou o telemóvel do bolso para ver as horas.

- Há horas demais! Aish! Nós devíamos ter saído com os outros… - Sungmin lamentou-se.

- Hyung… - O de cabelos mais claros chamou, fazendo o outro encará-lo. – Temos de fazer alguma coisa senão eu vou morrer de tédio!

Sungmin ficou pensativo por alguns momentos. A pouco e pouco, o seu semblante foi mudando e a cara de tédio deu lugar a um sorriso matreiro.

- Hyung…?

- Eu tive uma ideia Wookie. – Sungmin sorriu ao mais novo. – Diz-me, será que nós precisamos assim tanto deles para nos divertir-mos?

- Ahm… b-bem… e-eu… - Ryeowook ficou atrapalhado com o que ouviu de Sungmin e com o olhar que este lhe lançou. Conhecia muito bem aquela expressão e sabia perfeitamente o que significava. Estranhou foi o facto de ele a fazer para si e não para Kyuhyun, já que…

- Eu tive uma ideia Wook-ah… aceitas? – Sungmin deu um passo em direcção do menor.

Ryeowook engoliu em seco, ponderando o que fazer. Alinhava nos planos de Sungmin, acarretando as consequências que pudessem daí vir ou recusava… e passava o resto do dia a apanhar a maior seca da sua vida?

- Aceito. – Sorriu. Afinal, ele gostava de se meter em confusões com o seu hyung mais fofo. Embora Sungmin fosse muito mais do que fofura.

O mais novo estava perdido naquele turbilhão de pensamentos quando sentiu os dedos de Sungmin enlaçarem os seus.

- Então vai ter ao quarto que eu já vou lá ter. – Comunicou.

- Ao meu ou ao teu? – Ryeowook quis saber.

- Hum… melhor! Vai para a cozinha.

- Cozinha? – Estranhou.

- Sim Wookie baby… vai que eu já vou.

Ryeowook mordeu o lábio, tentando descobrir que ideias malucas é que passavam pela cabeça do hyung naquele momento e fez o que ele disse, andou até à cozinha e esperou.

Sungmin voltou a pôr uma cara de tédio e andou em direcção à sala. Sentou-se ao lado de Kyuhyun.

- Kyu… - Chamou-o.

- Hum. – Ele simplesmente murmurou, sem afastar os olhos do ecrã do jogo.

- Quando é que tens tempo para mim?

- É só acabar isto aqui Minnie! É rápido. Mais uns minutos.

“Disseste a mesma coisa há exactamente uma hora atrás Cho Kyuhyun!” – Sungmin pensou. Sorriu. – Ok, Kyu-Kyu. Demora o tempo que precisares, eu espero. – Disse e levantou-se.

- Obrigado. – O maknae agradeceu e continuou.

- Tudo bem hyung? – Sungmin perguntou ao passar perto de Yesung.

- Tudo! Não são tão fofas? – Apontou para os animais. – Ahhh… podia ficar horas a olhar só para elas… - Desabafou.

- Não duvido. – Sungmin respondeu com ironia. – Então e o Wook?

- Deve estar a compor.

- Claro. – O mais novo revirou os olhos. – Bem, diverte-te. – Disse antes de sair da sala.

*

Ryeowook estava encostado à bancada, de costas para a porta. Já que tinha que estar na cozinha, aproveitava para limpar alguns pratos molhados. Entretido com a sua tarefa, nem deu pela chegada do seu hyung, que foi avançando pela cozinha silenciosamente.

Valeu a mão ágil de Sungmin a impedir que o prato caísse no chão, quando todo o corpo de Ryeowook vacilou, ao ser pressionado violentamente contra a bancada.

- Sungmin hyung! – Ele reclamou. – Mas que raio foi isso?

Sungmin riu-se e afastou-se, indo guardar o prato no armário, para sua segurança.

- Colabora Wookie! Não eras tu que estavas entediado? Vamos acabar com o tédio.

- Estava! Mas não sei se não será mais seguro permanecer no tédio…

- Ryeowook, eu vou-te contar uma história…. – Sungmin voltou a aproximar-se do mais novo e inclinou-se para falar perto do seu ouvido.

Enquanto escutava a “história” do hyung, a expressão temerosa de Ryeowook foi dando lugar a uma expressão de satisfação.

- Ok! – O mais novo disse entusiasmado. – Então espera que eu vou buscar isso ao meu quarto.

- Ne!

Ryeowook praticamente voou até ao quarto. Das duas vezes que passou pela sala, nenhum dos dois rapazes sequer notou a sua presença. Antes de voltar a entrar na cozinha com as coisas que tinha ido buscar, lançou um sorriso malicioso aos dois.

- Quem é que precisa de vocês? – Mostrou a língua antes de, finalmente, entrar na divisão onde Sungmin o esperava.

- Trouxeste tudo? – Sungmin inquiriu, assim que o viu chegar.

- Está tudo aqui.

- Perfeito. – Os olhos do mais velho brilharam cheios de luxúria.

*

Uma hora se passou desde a última visita de Sungmin à sala. Kyuhyun começou a achar falta da presença do hyung. Olhou à volta, encontrando Yesung no chão, quase a dormir. Também não havia sinal de Ryeowook. Talvez estivessem juntos.

“Talvez estivessem juntos…”

Um feeling estranho percorreu o corpo do maknae mas ele resolveu ignorar. Sungmin e Ryeowook juntos, que mal poderia haver nisso?

Ao mesmo tempo em que Kyuhyun voltou a concentrar-se no jogo, Sungmin soltou um grito entusiasmado na cozinha.

- Bolas! – O mais novo protestou.

- Despe! – Sungmin incentivou, animado.

- É mesmo necessário?

- Regras são regras Wookie! Tira! Ou queres que eu vá aí e tire de uma vez?

- Deixa estar, eu próprio faço! – O mais novo colocou-se de pé e levou as mãos à barra das calças. Abriu o fecho e fez o pedaço de tecido deslizar pelas pernas, revelando assim os seus boxers e as coxas magas e firmes.

Agora estavam por igual. Cada um só já tinha no corpo os boxers que, em ambos os casos, eram pretos. Os de Sungmin tinham o pormenor de um coelhinho branco, desenhado do lado esquerdo. Os de Ryeowook tinham um coração e a letra K em vermelho.

Sungmin voltou a pegar nas cartas e baralhou-as. Depois de achar que estava bom, tirou cinco para si e mais cinco para o dongsaeng.

- Ok Wookie. Temos cinco oportunidades agora. Cinco jogadas. – Sungmin sorriu ao outro, que começava a ver as cartas que lhe tinham calhado. Até ficou satisfeito com a sua sorte.

- Ne. Começo eu! – O menor ia para colocar a primeira carta virada para cima em cima da mesa, mas o hyung impediu-o.

- Não tão depressa! Vamos tornar isto mais engraçado.

- Ainda mais? – O menor arregalou os olhos.

- Ne. – Min sorriu. – Quem ganhar cada uma das jogadas, ganha também a oportunidade de fazer uma exigência ao outro.

- Certo. – Ryeowook até gostou da ideia. – Começando agora. – Colocou então a carta sobre o tampo de madeira da mesa.

Sungmin pousou uma carta mais fraca sobre a sua. O mais novo sorriu.

- O que é que eu tenho de fazer? – O hyung mobilizou-se.

- Hum… - Ryeowook parou para pensar. – Já sei o que pode ser!

*

A porta principal abriu-se e por ela passaram os membros que tinham saído mais cedo, menos Leeteuk que tinha ficado na entrada a falar com o manager. Heechul vinha à frente, seguido de Eunhyuk, Donghae, Shindong e Siwon.

- Annyeong hasseyo! – Shindong cumprimentou os dois alegremente, mas em troca recebeu apenas um olá desinteressado de Kyuhyun e o abanar de mão de Yesung.

- Que fome! – Eunhyuk queixou-se, indo logo em direcção à cozinha, seguido de Donghae, Siwon e Shindong.

Quando o rapaz rodou a maçaneta e empurrou um pouco a porta, só não caiu para trás porque o corpo de Donghae o impediu.

- Omona! Vejam aquilo! – Apontou para o centro da cozinha, onde estavam Sungmin e Ryeowook.

Vendo o estado do amigo, os outros rapidamente se aproximaram para espreitar. Nem Heechul ficou indiferente e quase se colocou ás costas de Siwon para conseguir um mais extenso campo de visão.

Os dois estavam tão entretidos que nem repararam que estavam a ser observados.

Sungmin estava deitado em cima da mesa, com os cotovelos apoiados sobre a madeira e a cabeça encostada para trás, em sinal de satisfação. Ryeowook estava sentado sobre as pernas do mais velho, com o tronco inclinado para a frente, permitindo-lhe chegar com a cabeça à barriga do hyung.

- Ahh ~ - O gemido de Sungmin entoou pela cozinha quando os lábios do Eternal Maknae tocaram na sua pele, para apanhar um dos vários bombons que estavam espalhados pelo tórax do mais velho.

Ryeowook sorriu satisfeito e mordeu o lábio inferior, ao mesmo tempo que saboreava o chocolate. Levantou um pouco o olhar, olhando assim para o mais velho.

- Delicioso Sungmin hyung… - Comentou, com as faces coradas. Embora estivesse a gostar – e muito – daquilo, uma parte de si ainda não conseguia acreditar que estava a fazer aquilo ao outro. Sungmin e as suas ideias malucas que o levavam a fazer o mais absurdo… aish!

- Então continua… - O mais velho incentivou-o, piscando-lhe o olho. Um sorriso malicioso adornou os lábios entreabertos.

Ryeowook voltou a baixar a cabeça, debruçando-se sobre a barriga tonificada de Sungmin. Os seus lábios húmidos pousaram sobre a pele quente dele e foram-se arrastando até onde estava o outro bombom. Em vez de o apanhar, o mais novo mordeu o doce, espalhando o líquido vermelho vivo do interior sobre a barriga de Sungmin. A sua língua ávida apressou-se a lamber o doce e ele sorriu, vendo o hyung arquear as costas.

- Ryeowook! – Ele chamou-o.

O menor sorriu, sentindo uma estranha sensação de desejo. Pegou num bombom que ainda estava na caixa ali ao lado e colocou-o no centro do peito de Sungmin, antes de lhe agarrar os pulsos e debruçar-se sobre ele novamente.

Ryeowook abriu o bombom com os dentes, e mais líquido vermelho escorreu para perto de um dos mamilos do mais velho. O maknae moveu-se, ficando sentado sobre a cintura do mais velho, que soltou um ofego.

- Ryeowook-ah~! – A voz de Sungmin soou por todo o apartamento quando sentiu o toque da língua do outro num ponto mais sensível e só aí é que Kyuhyun e Yesung despertaram.

Os dois levantaram os olhos e entreolharam-se. Depois, desviando a atenção para a porta da cozinha, viram um bando de rapazes encostados à estrutura, visivelmente interessados em qualquer coisa que acontecia dentro daquelas quatro paredes.

- Mas que raio se passa ali? – Yesung perguntou, não obtendo resposta do outro.

Kyuhyun parou o jogo e levantou-se, sendo seguido do hyung. Quando se aproximavam dos outros, ouviram uma das típicas gargalhadas de Ryeowook. Yesung franziu as sobrancelhas enquanto Kyuhyun empurrava Eunhyuk e Donghae para o lado, tentando espreitar para dentro da cozinha.

- Que se passa? – Perguntou.

- Nem queiras saber. – Heechul respondeu-lhe com um olhar carregado.

Kyuhyun engoliu em seco, não gostando da expressão dele.

- Saiam da frente! – O maknae pediu, empurrando os hyungs para o lado e depois abrindo toda a porta. O seu queixo caiu perante a cena a que ficou exposto. - LEE SUNGMIN! – Gritou.

- Wookie? – Yesung surgiu atrás dele, de olhos arregalados.

Os dois em questão pareceram não se importar muito com o facto de terem sido apanhados naquelas condições.

- Yesunguie! – Ryeowook sorriu fofamente ao mais velho, ainda sentado sobre Sungmin. – Kyu…

- Então, já se fartaram de observar tartarugas e jogar Starcraft? – O mais velho perguntou, com a sua melhor expressão inocente.

Os outros rapazes riram e Heechul aproximou-se de Yesung e Kyuhyun.

- Bom trabalho! – Gozou, dando uma pancadinha nas costas de cada um.

- Sungmin, explica-me que raio se passa aqui! – Kyuhyun cerrou os pulsos com força.

- E tu! – Yesung aproximou-se do mais novo. – Sai de cima do Sungmin agora Kim Ryeowook!

- Mas porquê? Nós só estávamos a jogar a um jogo… já que vocês não nos ligaram a tarde toda, tivemos que nos entreter com alguma coisa.

- Eu nunca esperei isto de ti Ryeowook! Logo tu~ OMONA~! – Yesung choramingou.

- Hyung! Tapa-te! – Kyuhyun despiu a sua t-shirt para tentar tapar o corpo do mais velho. – Aish!

Enquanto Yesung carregava às costas um Ryeowook só de boxers para longe de Sungmin e este negava a blusa que um Kyuhyun de peito descoberto lhe estendia, o som de algo a cair no chão assustou-os, e todos se viraram para trás para ver o que tinha acontecido.

Pânico.

Leeteuk assistia à cena com os olhos muito abertos e o maxilar cerrado.

- O que é isto? Que se passa aqui?! – O líder perguntou, irritado, reparando no cenário montado naquela cozinha. – Yesung! Kyuhyun! Querem-me explicar que raios estão a fazer?

- Nós? – Kyuhyun repetiu, incrédulo.

- O que é que vocês fizeram ao meu Sungminnie e ao meu Ryeowookie? Oh meu Deus, as minhas crianças… - Leeteuk dramatizou. Aproximou-se de Yesung. – Põe-lo no chão! – Ordenou e o rapaz obedeceu. O líder abraçou o menor antes de arrastá-lo pela mão até à mesa, onde afastou Kyuhyun de perto de Sungmin.

- Mas nós não fizemos nada hyung! – Kyuhyun protestou, tentando defender-se.

- Nem mais uma palavra Cho Kyuhyun! Tu és o pior de todos, maknae safado! – Leeteuk aproximou-se e pegou-lhe na orelha.

- Ahhhh! – Ele queixou-se com dor.

Leeteuk foi então até Yesung e, pegando na orelha dele também, arrastou os dois para o escritório.

- Vamos ter uma conversinha, meus meninos!

Quando os três desapareceram pela porta, Sungmin e Ryeowook trocaram um olhar e um sorriso cúmplices.

- Vocês são os piores seus pervertidos! – Heechul acusou.

- Realmente, já não se pode confiar nessas carinhas inocentes… pervertidos! – Eunhyuk seguiu o exemplo do hyung e acusou a seguir.

- Mas nós não estávamos a fazer nada de mal… - Sungmin defendeu, sentando-se novamente sobre a mesa.

- Era só um jogo. – Ryeowook reforçou.

- Aish, vocês realmente… - Siwon abanou a cabeça.

- Hey hyungs! – Ryeowook chamou. – Querem jogar connosco? – Perguntou, piscando-lhes o olho enquanto subia também para a mesa. – Garanto-vos que não se arrependem! – Disse por fim, mordendo mais um bombom. - É divertido!

- Vocês não prestam! – Shindong riu e saiu da cozinha rapidamente.

Eunhyuk e Donghae trocaram um olhar. Siwon fingiu-se de chocado com a proposta, mas quando Heechul o arrastou pela camisa, um sorriso malicioso formou-se nos seus lábios.

Ao fundo, os berros de Leeteuk soavam, parecendo música para os ouvidos de Sungmin e Ryeowook.

FIM ~~

Forgive my fail xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chomintae.tumblr.com/
kim
Moderadora Gráfica
kim

Mensagens : 737
Data de inscrição : 05/07/2010
Idade : 26
Localização : Coimbra (devia ser seoul -.-)

[SuJu] (Bonamana Challenge) - Bonamana   Empty
MensagemAssunto: Re: [SuJu] (Bonamana Challenge) - Bonamana    [SuJu] (Bonamana Challenge) - Bonamana   EmptySab Jun 11, 2011 5:31 pm

whaaa???? omo, só me apetece gritaar xDD muahahahah estou louca! este final, ui, ate me deu os calores ~~
ahah opa essa tua cabeça dá cabe de mim, tu fazes dos super junior uma cambada de tarados! and i like it xD
está tao lindo a serio, nao esta a cena mais bela e literaria, ya mas tambem assim ficava mal -.- para mim esta perfeito assim, nao é nada fail. já mandei umas boas gargalhadas às custas disto xD bem feita aos meninos! e o leeteuk partiu tudo!
e o yesung com as tartarugas, god, é mesmo dele x)
e o heechul com o siwon, nem me lembrava desse casal, eles sao tao sexys ~~ o hee manda vir mas depois é tao taradao como os outros! duh, obvio, só o nome heechul diz tudo. aah e os boys a trocarem olhares, unhae é loove *_*
eu quero saber o que vai acontecer a seguir muahaha
e eu nao sei porque vem inocencia no sungmin, pode ter um ar novinho e fofi mas eu nao o acho nada inocente Surprised
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/kimurapd
 
[SuJu] (Bonamana Challenge) - Bonamana
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFictions Wonderland :: FanFictions :: Kpop :: FanFictions Acabadas-
Ir para: